Evolua no seu mercado com as Dicas da Blob

Estar ciente da demanda que o mercado busca é fundamental para a garantia de sucesso empresarial, e nós desenvolvemos um conteúdo especial para isso.

Aqui na Blob Web, estamos em constantes melhorias de nossas técnicas e metodologias de ranqueamento orgânico, o que nos faz ficar atentos à todas as atualizações do Google.         

Você sabia que a plataforma possui mais de 200 fatores que influenciam no ranqueamento orgânico do seu site? Pois é. São itens importantes e que os Googlebots ficam atentos para posicionar os sites na primeira página. Ah, esses fatores ainda sofrem mudanças constantes, visto que os algoritmos estão em atualizações constantes.

Foi pensando nisso, que nossa equipe decidiu desenvolver um conteúdo especial – assim como todos os já apresentados em nosso blog – para sanar toda e qualquer dúvida sobre ranqueamento orgânico e quais as melhores práticas para aplicar no seu site.

Como está não é uma informação de conhecimento geral, iremos apresenta-la de um modo simplificado e prático: O Google possui 200 fatores de análise de sites, para o classificar como um site de ranqueamento positivo ou negativo, ou seja, tudo aquilo que você possui de informações em seu site, vinculada a design, linguagem de escrita, ortografia e similares, é analisado pelo Google, para que o mesmo classifique e aplique uma posição para aquele site em questão – podendo ou não estar na primeira página.                             

Nossa ferramenta está dentro dos 200 parâmetros que o Google desenvolve, e nossa equipe possui conhecimento da importância de cada uma delas, é claro que o seu site não precisa ter todos os 200 fatores para estar na primeira página, mas se houver ao menos 30 destes em sua lista, sem dúvida, seu site, mas essencialmente sua empresa, atingiram picos de crescimentos significativos.

Nós sabemos quais são estes fatores, e ao longo destes parágrafos, iremos lhe apresentar dicas (que você pode continuar acompanhando em nossas redes sociais) que se prorrogaram ao longo dos próximos meses, a respeito do que você pode fazer para estar com um bom ranqueamento no Google.

Acessibilidade: o futuro de seus negócios depende disso

Para que este conteúdo não se transforme em maçante e cansativo, vamos o assimilar a um fator que vem ganhando grandes índices de repercussão, não só no Brasil, mas no mundo todo, estamos falando da Acessibilidade Digital.

Quem nunca ouviu que para se conquistar um público e se estabelecer no mercado, é mais fácil começar pela maioria, visto que a mesma consome muito mais? Mas e se nós te contarmos que está maioria vem sendo esquecida, e tachada como minoria? Este paragrafo pode soar até contraditório, mas está é uma realidade no Brasil.

É que atualmente, 24% das pessoas possuem algum tipo de deficiência, e está parcela, controla, surpreendentemente mais de R$22 bilhões em renda anualmente – segundo dados do IBGE.

Acessibilidade Digital, sucintamente, visa garantir a todos os usuários, com deficiência ou não, que os mesmos consigam utilizar do ciberespaço com autonomia, deixando de lado, quaisquer que sejam as barreiras de acesso.

Entretanto, muitas empresas e profissionais se esquecem destes consumidores no momento em que vão desenvolver uma série de conteúdos correlacionados a publicidade de suas organizações, como é o caso de muitos sites, que se equivocam e não desenvolvem uma área de navegação mais acessível e de fácil compreensão e utilização.

E se você e sua empresa não havia pensado nestes clientes, não se preocupe, ainda há tempo de reverter a situação, continue aqui conosco e descubra qual o segredo da mudança para o sucesso da sua empresa.

Visibilidade que gera oportunidade de negócios

Os fatores apresentados nos tópicos a seguir, proporcionaram – se bem executados – resultados impressionantes para seu site, visto que visibilidade garante novas oportunidades de negócio.

É válido salientar que, os itens apresentados compõem uma vasta parcela de fatores para um bom ranqueamento online, não devendo sob hipótese alguma, serem classificados por hierarquia de relevância, sendo os mesmos, um conjunto de fatores e tomadas de decisão, que geram benefícios a pequeno, médio e longo prazo para a empresa, se atrelados lado a lado.

Abaixo, estão listados 30 fatores fundamentais para você que está em busca em implementar a acessibilidade digital no site da sua empresa:

1° Conteúdos únicos que agregam valor: é de máxima importância desenvolver conteúdos de qualidade para o usuário. O Google prioriza a humanização em sites.

2° Layout da página: um bom layout melhora a usabilidade da página, e permanência do usuário na mesma.

3° Usabilidade: Facilidade de navegação que o site proporciona para o usuário

4° Velocidade de carregamento: não existe nada pior do que um site lento, e o tempo de carregamento dos sites influência muito na experiência do usuário.

5° Arquitetura do site: um site bem estruturado e organizado é essencial para que o Google compreenda as páginas do seu site.

6° Otimização de imagens: para a compreensão de uma imagem, o Google necessita de textos de apoio, alternativo e nome de arquivo.

7° TrustRank: o Google determina seu TrustRank a partir de quantos links você recebe de sites seguros.

8° Fale conosco: gerar uma pagina ou somente dados para contato, se transforma no primeiro indício de confiabilidade.

9° Termos de uso e privacidade: este é mais um sinal de confiabilidade que a empresa pode proporcionar para o usuário, ao ter um primeiro contato com a página/empresa.

10° Ortografia e gramática: está é uma das principais características de um bom ranqueamento online o formato como você oferta seus produtos/serviços a seus clientes e potenciais clientes.

11° Autoridade da página: é a autoridade que a página possui dentro do algoritmo do Google.

12° Autoridade e domínio: a autoridade de domínio, se correlaciona com os conteúdos antigos utilizados, portanto é necessário estar atento aos conteúdos apresentados anteriormente no site.

13° Responsividade: com a responsividade é possível acessar a página do cliente dos mais diversificados dispositivos, sem que os mesmos, fiquem com um único formato de apresentação, se adequando para todos os tipos de dispositivos.

14° Conteúdo útil: para ser classificado como um bom conteúdo, é necessário que o mesmo disponibilize de utilidade e acrescente nas informações que o consumidor esteja buscando.

15° Tamanho do conteúdo: textos com grande quantidade de palavras ganham credibilidade perante o Google, mas não se esqueça, qualidade em primeiro lugar.

16° Conteúdo multimidia: invista em novos formatos de abordagens, aposte em imagens, vídeos e infográficos.

17° Conteúdo complementar: Calculadora, conversor de moedas, compõem alguns dos conteúdos complementares para seu site.

18° Palavra-chave no início do título: quanto mais próxima a palavra-chave estiver do título, mais fácil para o usuário ver e o Google compreender.

19° Palavra-chave na meta descripiton: a meta não é um fator de ranqueamento, entretanto, incluir a palavra-chave na descrição é fundamental para que ela apareça para o usuário, em negrito, nos resultados de busca do Google.

20° Palavra-chave no início do texto: as primeiras 100 palavras do texto ganham uma atenção do Google.

21° Densidade da palavra-chave: é a quantidade de vezes que a palavra-chave é inserida no texto, é valido ressaltar que isso deve ocorrer de modo natural.

22° Semântica da palavra-chave no conteúdo: são termos que transmitem o mesmo sentido da palavra-chave, como é o caso de sinônimos.

23° Listas: as listas melhoram a compreensão do usuário que está navegando, e engajar o leitor, melhorando a permanência de tempo na página.

24° Intertítulos: intertítulos são fatores de que auxiliam na otimização de conteúdo para facilitar a experiência do usuário na página, de uma forma dinâmica.

25° Parágrafos curtos: textos com blocos enormes causam monotonia, o ideal é optar por parágrafos curtos e objetivos.

26° Atualização de conteúdos: os algoritmos do Google estão em constantes mudanças, e optam em priorizar conteúdos mais atualizados, tanto que é comum encontrar a data de publicação do conteúdo.

27° Frequência da atualização do conteúdo: estar entre os gigantes da primeira página exige constância de informações e atualizações.

28° Consistência da atualização de conteúdo: a frequência de conteúdos não significa modificar/alterar palavras, mas sim gerar algo sempre novo para o usuário.

29° Referências e fontes: realizar a citação de referências e fontes, transpassa qualidade e confiabilidade para o leitor perante as informações que a página oferece.

30° Número de páginas: este não é um fator de ranqueamento, mas quanto maior a quantidade de páginas, mais conteúdos disponibilizados e indexados para o leitor.

Aplique novas estratégias de negócio na prática

Os itens apresentados acima, compõem uma parcela fundamental para empresas e empresários que almejam promover uma adequação de suas plataformas digitais, ao maior número de pessoas possível, incluindo a todas, e sem quaisquer distinções.

Criar acessibilidade para pessoas portadoras de necessidades especiais já se transformou em lei, entretanto o que ninguém lhe conta – mas nós como sempre iremos te contar – é que está acessibilidade vai muito além de rampas e elevadores adaptados.

Pessoas que buscam por acessibilidade possuem uma vida como a sua, entretanto pequenos erros acontecem em decorrer do fato, de pessoas e profissionais não compreenderem ao certo o que é Acessibilidade Digital e como implementar está opção na prática. É que nem sempre a acessibilidade é perceptível para todos – o que não significa que não esteja comtemplada.

Aposte em novas possibilidades de inovação, opte por um design minimalista, atrativo, de fácil entendimento, intuito, e uma série de outras alternativas que você pode executar a partir dos 30 itens que listados acima.

É importante salientar a importância de manter todas estas variáveis com a parte técnica de sua empresa, visto que os profissionais podem orientar com excelência sob quais as melhores tomadas de decisão, para atingir com maestria uma página de navegação para todos.

Ficou perdido e não sabe o que fazer? A TPI está aqui para te ajudar

Todas as informações apresentadas nesta postagem foram estudadas e pesquisadas para facilitar o seu negócio, a fim de que o mesmo prospere constantemente.

E se existe um fator que destaca a Blob Web como a preferida entre os profissionais e empresas que almejam bons resultados de negócios, este sem dúvida, gira em torno de encontrar soluções para algo que você nem sabia que era um problema.

Se você aplicar os itens apresentados ao longo desta postagem em sua empresa, vinculados a TPI da Blob Web, sua empresa está inserida em um local que todas buscam incansavelmente, a primeira página do Google, de forma orgânica.

O Google nunca afirmou que estes fatores são reais, entretanto uma série de estudos e profissionais levantaram dados que comprovam que práticas e melhorias no seu site, auxiliam para um bom posicionamento e ranqueamento no Google.

Portanto, se atrele em novas possibilidades e melhorias para o seu site, assim como a TPI, uma ferramenta que começa a apresentar resultados em a partir de 60 dias, de forma orgânica e sem alterar o seu site – afinal, se você prestou atenção em tudo aquilo que lhe apresentamos, ele está impecável.

Para continuar acompanhando como aplicar os 200 fatores de visibilidade e estar na primeira página do Google, com o amparo da TPI, nos acompanhe em nossas mídias sociais com a #DicasdaBlob, estamos desenvolvendo conteúdos especiais para a resolução do seu problema.

A TPI trabalha 24 horas por dia, 7 dias por semana, para que o seu site esteja na primeira página do Google.

Garanta mais oportunidades